top of page

Escore de predição de desfechos para abdome agudo: uma proposta



Resumo: Objetivo: estabelecer correlação entre os dados objetivos coletados na avaliação inicial e os desfechos em casos de dor abdominal aguda.


Métodos: foi realizado um estudo caso-controle retrospectivo, no qual revisamos prontuários de pacientes atendidos em um pronto-socorro em 2016, com diagnóstico de dor abdominal e pélvica.


Resultados: dos 2.352 prontuários avaliados, consideramos 330 válidos para o estudo. Desses pacientes, 235 (71,2%) tiveram alta e os 95 (28,8%) restantes foram hospitalizados, operados ou faleceram. A análise estatística demonstrou que sexo masculino, idade ≥50, temperatura axilar> 37,3ºC, anemia, leucocitose> 10.000 / mm3, contagem de neutrófilos acima de 7.700 / mm3, contagem de linfócitos menor que 2.000 / mm3 e hiperamilasemia foram variáveis independentemente associadas a pior desfecho.


Conclusão: a presença de três ou mais das variáveis avaliadas aumenta muito as chances de um paciente sofrer o desfecho da cirurgia ou óbito, sendo maior a chance de óbito quanto maior o número de variáveis presentes.



Cacciatori FA, Ronchi AD, Sasso SE. Outcomes prediction score for acute abdomen: a proposal. Rev Col Bras Cir. 2020 Jan 31;46(6):e20192285. Portuguese, English. doi: 10.1590/0100-6991e-20192285. PMID: 32022109.


6 visualizações0 comentário
Banner-Sidebar-Residencia-402x1024.jpg
Banner-Sidebar-Revalida-402x1024.jpg
Banner-Sidebar-Atualizacao-402x1024.jpg
MedFlix Zaza.png
bottom of page