top of page

Precisão do teste diagnóstico de novos biomarcadores para nefrite lúpica - Uma visão geral


nefrite lúpica

Abstrato

Introdução: O lúpus eritematoso sistêmico (LES) é uma doença autoimune crônica com envolvimento inflamatório de múltiplos órgãos e uma taxa de mortalidade 2,6 vezes maior do que indivíduos da mesma idade e sexo na população geral. Aproximadamente 50% dos pacientes com LES desenvolvem insuficiência renal (nefrite lúpica). O diagnóstico tardio da nefrite lúpica está associado a um maior risco de progressão para doença renal terminal, necessidade de terapia de reposição e mortalidade. As manifestações clínicas iniciais da nefrite lúpica costumam ser discretas ou ausentes e geralmente detectadas por meio de exames complementares. Embora amplamente utilizados na prática clínica, sua acurácia é limitada. Um grande esforço científico tem sido feito na busca de novos biomarcadores mais sensíveis e específicos nos últimos anos. Algumas revisões sistemáticas avaliaram individualmente novos biomarcadores séricos e urinários testados em pacientes com nefrite lúpica. Esta visão geral teve como objetivo resumir revisões sistemáticas sobre a precisão de novos biomarcadores séricos e urinários para o diagnóstico de nefrite lúpica em pacientes com LES, discutindo como nossos resultados podem orientar o manejo clínico da doença e a direção da pesquisa nessa área.

Métodos: A questão de pesquisa é "Qual é a precisão dos novos biomarcadores séricos e urinários estudados para o diagnóstico de NL em pacientes com LES?". Procuramos revisões sistemáticas de estudos observacionais avaliando a precisão diagnóstica de novos biomarcadores séricos ou urinários de nefrite lúpica. As seguintes bases de dados foram incluídas: PubMed, EMBASE, BIREME/LILACS, Scopus, Web of Science e Cochrane, incluindo literatura cinza encontrada por meio do Google Scholar e PROQUEST. Dois autores avaliaram as revisões para inclusão, extração de dados e avaliação do risco de viés (ferramenta ROBIS).

Resultados: Foram selecionados dez RSs sobre a acurácia diagnóstica de novas MOs séricas e urinárias em NL. Os RSs avaliaram 7 MOs distintos: (a) anticorpos (anti-Sm, anti-RNP e anti-C1q), (b) citocinas (TWEAK e MCP-1), (c) uma quimiocina (IP-10) e (d) uma glicoproteína de fase aguda (NGAL), em um total de 20 braços de revisão (9 que analisaram BMs séricos e 12 que analisaram BMs na urina). A população avaliada nos estudos primários era predominantemente adulta. Duas RS incluíram estritamente adultos, 5 revisões também incluíram estudos na população pediátrica e 4 não relataram as faixas etárias. Os resultados da avaliação com a ferramenta ROBIS mostraram que a maioria das revisões tinha um baixo risco geral de viés.

Conclusões: Existem 10 RS de evidências relacionadas à precisão diagnóstica de biomarcadores séricos e urinários para nefrite lúpica. Entre os BMs avaliados, destacaram-se anti-C1q, MCP-1 urinário, TWEAK e NGAL, destacando a necessidade de pesquisas adicionais, especialmente em painéis de diagnóstico de NL, e tentando abordar questões metodológicas na pesquisa de precisão diagnóstica. Isso permitiria uma melhor compreensão de sua utilidade e possivelmente validaria seu uso clínico no futuro.

Registro: Este projeto está registrado no banco de dados do Registro Prospectivo

Internacional de Revisões Sistemáticas (PROSPERO) (CRD42020196693).


12 visualizações0 comentário
Banner-Sidebar-Residencia-402x1024.jpg
Banner-Sidebar-Revalida-402x1024.jpg
Banner-Sidebar-Atualizacao-402x1024.jpg
MedFlix Zaza.png
bottom of page