top of page

Biomarcadores para o diagnóstico da doença de Alzheimer



Resumo O aumento dramático da população com demência esperado nas próximas décadas é acompanhado pelo estabelecimento de métodos novos e inovadores que irão oferecer detecção precisa e eficiente da doença em seus estágios iniciais. Embora a doença de Alzheimer seja a causa mais comum de demência, no momento em que é diagnosticada, a perda neuronal substancial e as lesões neuropatológicas podem causar danos a muitas regiões do cérebro. O objetivo deste estudo é investigar os principais fatores de risco que afetam e aumentam a progressão da doença de Alzheimer ao longo do tempo, mesmo em casos sem comprometimento significativo da memória presente. Vários marcadores potenciais são discutidos, como estresse oxidativo, íons metálicos, distúrbios vasculares, disfunções de proteínas e alterações nas populações mitocondriais.

Conclusão: Um modelo multiparamétrico de biomarcadores de Alzheimer é apresentado de acordo com a classificação mais recente da doença.

Palavras-chave: Biomarcadores da doença de Alzheimer; íons metálicos; comprometimento cognitivo leve; dinâmica mitocondrial; estresse oxidativo; disfunções de proteínas; doenças vasculares.

Mantzavinos V, Alexiou A. Biomarkers for Alzheimer's Disease Diagnosis. Curr Alzheimer Res. 2017;14(11):1149-1154. doi: 10.2174/1567205014666170203125942. PMID: 28164766; PMCID: PMC5684784.

5 visualizações0 comentário
Banner-Sidebar-Residencia-402x1024.jpg
Banner-Sidebar-Revalida-402x1024.jpg
Banner-Sidebar-Atualizacao-402x1024.jpg
MedFlix Zaza.png
bottom of page