top of page

Cetamina como tratamento de broncoespasmo devido a anafilaxia. Relato de caso



Abstrato

Fundo: A cetamina é utilizada em anestesia intravenosa para a manutenção da anestesia geral. Possui características para prevenir a dificuldade respiratória devido ao broncoespasmo, bem como a liberação de histamina associada ao ataque asmático. Esses efeitos advêm da ação direta no músculo brônquico, bem como da potencialização de suas catecolaminas, razão pela qual seu uso é muito controverso, visto que não existem estudos suficientes para sustentá-lo. Além disso, o efeito da cetamina no broncoespasmo devido à reação anafilática não foi estudado. O tratamento de eleição é a epinefrina e existem fatores associados ao seu uso. O objetivo foi apresentar o caso de uma paciente com história de reação alérgica ao midazolam, que apresentou broncoespasmo devido à administração dessa droga.

Caso clínico: Apresentamos o caso de uma jovem com história de alergia a medicamentos, especificamente aos benzodiazepínicos, que apresentou broncoespasmo e queda da saturação de oxigênio após receber uma dose de midazolam no olho durante o trabalho. O uso de cetamina foi proposto após o uso de adrenalina, beta-agonista, anticolinérgico inalatório, corticosteróide e anti-histamínicos.

Conclusão: São necessários ensaios para demonstrar a eficácia da cetamina neste contexto particular; no entanto, o resultado neste caso foi positivo.

Palavras-chave: Anafilaxia; Espasmo Brônquico; Cetamina.


48 visualizações0 comentário
Banner-Sidebar-Residencia-402x1024.jpg
Banner-Sidebar-Revalida-402x1024.jpg
Banner-Sidebar-Atualizacao-402x1024.jpg
MedFlix Zaza.png
bottom of page