top of page

Terapia antibiótica para apendicite aguda não complicada



Acompanhamento de cinco anos de terapia antibiótica para apendicite aguda não complicada no ensaio clínico randomizado APPAC


Importância: Os resultados de curto prazo apoiam os antibióticos como uma alternativa à cirurgia para o tratamento da apendicite aguda não complicada, mas os resultados de longo prazo não são conhecidos.


Objetivo: Determinar a taxa de recorrência tardia de apendicite após antibioticoterapia para o tratamento da apendicite aguda não complicada.


Projeto, ambiente e participantes: acompanhamento observacional de cinco anos de pacientes no ensaio clínico randomizado multicêntrico de Apendicite aguda (APPAC) comparando apendicectomia com terapia antibiótica, em que 530 pacientes com idade entre 18 e 60 anos com apendicite aguda não complicada confirmada por tomografia computadorizada foram randomizados para submeter-se a uma apendicectomia (n = 273) ou receber terapia antibiótica (n = 257). O teste inicial foi conduzido de novembro de 2009 a junho de 2012 na Finlândia; o último acompanhamento foi em 6 de setembro de 2017. Esta análise atual se concentrou na avaliação dos resultados de 5 anos para o grupo de pacientes tratados apenas com antibióticos. Intervenções: apendicectomia aberta vs terapia com antibióticos com ertapenem intravenoso por 3 dias seguido por 7 dias de levofloxacina oral e metronidazol.


Principais desfechos e medidas: Nesta análise, desfechos secundários pré-especificados relatados em 5 anos de acompanhamento incluíram recorrência tardia (após 1 ano) de apendicite após tratamento com antibióticos, complicações, tempo de internação e licença médica.


Resultados: Dos 530 pacientes (201 mulheres; 329 homens) inscritos no estudo, 273 pacientes (idade mediana, 35 anos [IQR, 27-46]) foram randomizados para serem submetidos à apendicectomia e 257 (idade mediana, 33 anos, [IQR, 26-47]) foram randomizados para receber terapia antibiótica. Além de 70 pacientes que receberam antibióticos inicialmente, mas foram submetidos à apendicectomia no primeiro ano (27,3% [IC 95%, 22,0% -33,2%]; 70/256), 30 pacientes adicionais tratados com antibióticos (16,1% [IC 95%, 11,2% -22,2%]; 30/186) foram submetidos à apendicectomia entre 1 e 5 anos. A incidência cumulativa de recorrência de apendicite foi de 34,0% (IC 95%, 28,2% -40,1%; 87/256) em 2 anos, 35,2% (IC 95%, 29,3% -41,4%; 90/256) em 3 anos, 37,1 % (95% CI, 31,2% -43,3%; 95/256) em 4 anos, e 39,1% (95% CI, 33,1% -45,3%; 100/256) em 5 anos. Dos 85 pacientes no grupo de antibióticos que posteriormente foram submetidos à apendicectomia para apendicite recorrente, 76 tinham apendicite não complicada, 2 tinham apendicite complicada e 7 não tinham apendicite. Em 5 anos, a taxa geral de complicações (infecções do sítio cirúrgico, hérnias incisionais, dor abdominal e sintomas obstrutivos) foi de 24,4% (IC de 95%, 19,2% -30,3%) (n = 60/246) no grupo de apendicectomia e 6,5 % (IC de 95%, 3,8% -10,4%) (n = 16/246) no grupo de antibióticos (P <0,001), que calcula para 17,9 pontos percentuais (IC de 95%, 11,7-24,1) maior após a cirurgia. Não houve diferença entre os grupos para o tempo de internação, mas houve uma diferença significativa na licença médica (11 dias a mais para o grupo da apendicectomia).


Conclusões e relevância: Entre os pacientes que foram inicialmente tratados com antibióticos para apendicite aguda não complicada, a probabilidade de recorrência tardia em 5 anos foi de 39,1%. Este acompanhamento de longo prazo apóia a viabilidade do tratamento com antibióticos isoladamente como uma alternativa à cirurgia para apendicite aguda não complicada.


Salminen P, Tuominen R, Paajanen H, Rautio T, Nordström P, Aarnio M, Rantanen T, Hurme S, Mecklin JP, Sand J, Virtanen J, Jartti A, Grönroos JM. Five-Year Follow-up of Antibiotic Therapy for Uncomplicated Acute Appendicitis in the APPAC Randomized Clinical Trial. JAMA. 2018 Sep 25;320(12):1259-1265. doi: 10.1001/jama.2018.13201. Erratum in: JAMA. 2018 Oct 23;320(16):1711. PMID: 30264120; PMCID: PMC6233612.


6 visualizações0 comentário
Banner-Sidebar-Residencia-402x1024.jpg
Banner-Sidebar-Revalida-402x1024.jpg
Banner-Sidebar-Atualizacao-402x1024.jpg
MedFlix Zaza.png
bottom of page